Você está aqui: Home

Mabe Ma será visto também na Europa

04

Mabe MA é a visão do bailarino Tadashi Endo sobre a obra do artista plástico Manabu Mabe. As cenas coreografadas traduzem a intensidade das cores e dos movimentos das pinturas de Mabe. O coreógrafo e o artista plástico têm Highrisk Merchant Account em comum o fato de viverem a maior parte de suas vidas em outro país, deixando para trás sua pátria, o Japão, desenvolvendo sua arte no exterior.

Tadashi Endo considera a dinâmica da vida de MABE como um black-out, um momento MA, um exemplo de persistência, a vitória do talento sobre a adversidade. Este é o ponto de encontro das trajetórias artísticas de Mabe e Endo.

Mabe MA é um jogo com a palavra MA, que em japonês significa o espaço entre as coisas, o nome MABE e o verbo to be, que em inglês significa ser ou estar.

Tadashi Endo classifica sua dança como Butoh-MA, um modo de tornar visível o invisível. O mínimo de movimentos faz com que a expressão dos sentimentos e situações se intensifiquem, metáfora do equilíbrio entre energia, tensão e controle.

O projeto de fazer um espetáculo de dança contemporânea inspirado na obra de Manabu Mabe é uma iniciativa de Denise Curtouké, diretora e bailarina da Divina Companhia que em sua trajetória participou da companhia Mai Juku, de Min Tanaka. No início foram convidados seis artistas para estudarem a obra de Mabe e, a partir daí, elaborarem um treinamento corporal baseado no Seita-Ho e em danças afro-brasileiras. Depois, o projeto contou com presença de Tadashi Endo e consistiu na montagem propriamente dita do espetáculo.

Tadashi procurou dançarinos que estivessem dispostos a abrir mão dos clichês do Butoh para vivenciar inteiramente o processo de criação em dança. Foram selecionados 11 jovens artistas com as mais variadas formações e vivências.

Os ensaios começaram e por muito tempo Tadashi Endo se questionou sobre a maneira de criar lançando um olhar na vida e obra de Mabe. Sua proximidade com o universo de Mabe se deu por meio de estudos de catálogos de exposições, do livro autobiográfico Chove no cafezal e de encontros com Ely Iutaka na Joh Mabe Espaço Arte & Cultura, onde ele viu obras originais do artista.

Tadashi e Manabu Mabe poderiam ter sido grandes parceiros. Mabe MA celebra este grande encontro.

O espetáculo, premiado na categoria novas produções pelo edital do Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura, esteve em cartaz no Teatro de Dança e no Sesc Ipiranga, em setembro de 2010.

O sucesso de Mabe MA na sua temporada de estréia motivou Tadashi Endo a levar o espetáculo para o público europeu que, certamente, o receberá com o mesmo entusiasmo dos brasileiros.

A direção de produção é assinada por Pedro de Freitas, da Périplo Produções, que desde 2004 organiza e produz turnês de Tadashi Endo pelo Brasil.